FLEX ABIEF

PACKEXPO 2017 | LAS VEGAS
Por Liliam Benzi*, especial da PackExpo Las Vegas

28 de Setembro de 2017
Um Novo Modo de Pensar Embalagem


Mais do que inovações em máquinas, matérias-primas e insumos, a PackExpo Las Vegas reforçou o que alguns já diziam e outros já desconfiavam: a indústria de embalagem deve começar a ser vista como uma provedora de valor integrado e colaborativo. Basicamente como sintetizou Mike Richmond, da empresa PTIS, expositora do evento, é preciso considerar os seguintes players deste “jogo”: a marca e o consumidor, a ciência e a tecnologia (os facilitadores) e as operações (o braço comercial).

Em determinados momentos, estes três elos se sobrepõem e a sua sinergia ajuda a agregar valor e novos atributos aos modelos de negócio atuais.
O coração e o cérebro deste conjunto residem na internet das coisas e seu entendimento garantirá o crescimento futuro. Justamente esta internet das coisas, segundo o executivo, começa no projeto, passa pela cadeia de suprimento e chega à demanda e vai além. Este conhecimento tem um papel crítico e ao mesmo tempo circular em todo o processo. O ir além significa pensar no meio ambiente e na sustentabilidade do negócio.

Neste sentido, vemos a preocupação com o gerenciamento de materiais sustentáveis e a necessidade de aconselhamento de entidades setoriais que carregam bandeiras verdes e sustentáveis, como a Fundação Ellen MacArthur e seu bem disseminado – e muito bem pensado - conceito de economia circular. A nova economia da embalagem também tem como peça chave o varejo, com ênfase ao e-commerce que, segundo estimativas, já em 2025, representará 25% de todas as vendas globais. Em resumo, não basta apenas acompanhar as inovações materiais; é preciso mais do nunca “resetar” o cérebro e estar pronto e aberto para um novo modelo de negócios, de gestão e de entendimento do cenário macro e do consumidor final.

Que venham os desafios! Espero que as novidades abaixo também ajudem a inspirar a inovação dentro de cada empresa associada da ABIEF. Boa leitura.

Novos filmes transparentes e barreira para impressão digital

Em parceria com a HP Inc. (www.hp.com) a Toppan Printing Co. (www.toppan-usa.com) apresenta o primeiro filme barreira transparente do mundo indicado para embalagens retort e que pode receber impressão digital. O GL FILM Digital Printing Grade é compatível com as impressoras digitais HP Indigo e ideal para embalagens plásticas flexíveis. Embora o filme esteja sendo lançado na Pack Expo Las Vegas, o foco comercial é o Japão e outros países que utilizem retort pouches especialmente para molhos e feijões. 
A grande vantagem é a eliminação de estoques e a possibilidade de print on demand por conta da flexibilidade da impressão digital. Ele mantém as mesmas propriedades barreira a oxigênio e vapor d´água mesmo após a esterilização retort, o que até então era considerado difícil em um filme barreira transparente. O lançamento de embalagens usando este filme permitirá aos distribuidores e fabricantes agregar valor aos produtos e atender às diversas necessidades dos consumidores.

Flexibilidade e segurança em flexíveis

Expondo pela primeira vez na Pack Expo Las Vegas, a sueca Ecolean (www.ecolean.com) apresenta uma linha completa de embalagens flexíveis, inclusive para produtos refrigerados. Os principais atributos alardeados na feira são sustentabilidade, eficiência e segurança alimentar. Todos alinhados à proposta da empresa de garantir “Lighter World” (Mundo mais leve). Já na produção, a Ecolean usa menos matéria-prima, gerando economia em toda a cadeia de produção, transporte e gerenciamento de resíduos pós consumo. Em termos de eficiência e segurança alimentar, a empresa oferece uma solução exclusiva de embalagens pré esterilizadas. As embalagens leves da Ecolean estão disponíveis em volumes que variam de 125ml a 1 l para distribuição em temperatura ambiente e de 200ml a 1,5 l para distribuição refrigerada.

Nova geração de robôs colaborativos

A Stäubli (www.staubli.us) foca sua participação no lançamento da linha TX2 de robôs colaborativos, indicados para as indústrias de medicamentos, produtos famarcêuticos, biotecnologia, alimentos, eletrônicos, semicondutores, salas limpas e laboratórios. Os novos modelos são compatíveis com o conceito de Indústria 4.0 por suas habilidades de colaboração. Com este lançamento, a empresa escreve um novo capítulo na colaboração homem/robô. Os robôs de seis braços têm um codificador digital de segurança separado em cada braço e uma tela de segurança integrada, sendo que todos os padrões de segurança seguem as normas vigentes.

Eficiência em rotulagem sleeve

A nova rotuladora Axon SLX (www.axoncorp.com) de alta velocidade para rótulos encolhíveis sleeve foi projetada para garantir total eficiência e facilidade de uso, tornando-a o sistema em linha de cabeçote único mais avançado do momento.  O equipamento possui ainda sistema de tensão da bobina melhorado para maior precisão no controle do filme; sistema exclusivo de monitoramento de formato digital que assegura mudanças mais rápidas e precisas; controlador Rockwell Compact Logix 5380 que atinge velocidades superiores a 800 com; e sistema de entrega do filme que gerencia a espessura do mesmo até 25-micra.


Soluções completas em bag-in-box

É o que a Smurfit Kappa (www.smurfitkappa.com) apresenta em seu estande a partir dos produtos Bag-in-Box®, Pouch-Up®, torneira Vitop e máquinas de envase. Todos eles adaptados para as indústrias de alimentos e bebidas ou não alimentos, líquidos ou semi líquidos, como setores automotivo, agroquímico e farmacêutico. Como resultados das inovações apresentadas no estande, destaque para: aumento da vida de prateleira, redução de custo, embalagens mais sustentáveis e oferta de maior conveniência para o consumidor a partir de sistemas de fácil abertura e refechamento.

Impressora ink jet digital garante simplicidade e lucratividade

As novas impressoras ink jet digitais Colordyne Technologies, da Memjet (
www.memjet.com) garantam simplicidade, velocidade e lucratividade para as operações. Elas contam com a revolucionária tecnologia de cabeçote de impressão waterfall (cachoeira), projetado para aplicações em alta velocidade e baixo custo. Há uma indicação específica para embalagens plásticas flexíveis, por suas características técnicas e impacto positivo nos custos do projeto.
 

*Liliam Benzi atua no mercado de embalagens há 25 anos como especialista em comunicação e desenvolvimento de negócios e estratégias para o setor pela LDB Comunicação Empresarial. Também é editora de publicações e Assessora de Comunicação de diversas empresas e entidades da área, como a ABIEF -
ldbcom@uol.com.br.
   
< VOLTAR PARA FLEX ABIEF
Cadastre-se e receba nossos informativos sobre a ABIEF e sobre o setor de plástico flexível.
ABIEF ® Copyright 2017 - Todos os direitos reservados. A reprodução integral ou parcial é permitida desde que citada a fonte.