FLEX ABIEF

PACKEXPO 2017 | LAS VEGAS
Por Liliam Benzi*, especial da PackExpo Las Vegas

26 de Setembro de 2017
Como parte de seu compromisso de atualizar os associados sobre tendências e inovações internacionais e contribuir para que as empresas e seus produtos sejam mais conhecidos no exterior, a ABIEF esta por mais um ano com um estande na PACK EXPO Las Vegas (Setembro 25-27 – Las Vegas Convention Center – EUA). No estande esta sendo distribuído um pocket book onde constam todos os associados da ABIEF e suas respectivas áreas de atuação. Um material institucional com todos os produtos e serviços da entidade, também está entre as ferramentas de promoção da indústria brasileira de embalagens plásticas flexíveis.

E o primeiro dia da feira não começou apenas com as novidades que vocês acompanharão abaixo, mas com uma apresentação inusitada na feira: um drone entregando produtos/embalagens. Na área Drone Demo – Packaging for the Last Mile é possível conhecer a visão que a Amazon tem sobre a entrega futura de mercadorias feita por drones nas grandes cidades dos EUA. Realmente uma realidade que já está batento a nossa porta, imperdível de se ver e que certamente trará mudanças significativas para a logística das coisas, especialmente no ambiente da internet das coisas. Mas antes mesmo da feira abrir, as notícias do organizador PMMI eram animadoras. Um estudo conduzido em 28 categorias de máquinas para embalagem identificou que as vendas do setor em 2016 atingiram US$ 7,73 bilhões nos EUA e a previsão é manter um crescimento de 2,2% ao ano, chegando a US$ 8,8 bilhões já em 2022. Segundo o estudo, o setor de farmacêuticos será com crescimento mais rápido - 3,6% - entre 2016 e 2022. Ele será seguido por alimentos (incluindo os nutracêuticos) cuja previsão é de crescer 2,3% no período 2016 a 2022.

“A previsão para a indústria de máquinas para embalagem e, consequentemente, embalagem, continua bastante positiva. Fatores como crescimento populacional, aumento da demanda por automação e otimização das máquinas e o avanço do e-commerce alimentarão este desenvolvimento contínuo e crescente”, atestou Jorge Izquierdo, Vice President Market Development, do PMMI, na Coletiva de Imprensa que abriu a feira. Agora, algumas novidades. Ao todo a ABIEF produzirá dois boletins eletrônicos com as inovações da feira. Para mais informações visite www.packexpo.com.  

Novas tecnologias para aumento de vida de prateleira


Esta é a proposta da Mitsubishi Gas Chemical America (www.mgc-a.com) para fabricantes de alimentos e embalagens premium: uma tecnologia inovadora que aumenta a vida de prateleira destes produtos. A base é o componente absorvedor de oxigênio patenteado pela empresa que desta vez está sendo apresentado na inovadora forma de resina. Seu principal apelo de aplicação reside nos mercados de alimentos orgânicos e de produtos que visam atender a consumidores que querem alimentos sem conservantes.

A tecnologia também está alinhada à pressão cada vez maior pela redução do desperdício de alimentos, mantendo-os frescos e sem estragar, além de aumentar sua vida de prateleira. A resina absorvedora de oxigênio, que pode ser incorporada aos filmes, é ideal para embalagens retort indicadas para sopas, molhos, lácteos, pet food seco e úmida, refeições prontas, entre outros.


Custo competitivo para alimentador de bolsas industriais   

O alimentador KR725 (www.kirkrudy.com) foi projetado para trabalhar com bolsas industriais, plásticas ou de papel, utilizando um mecanismo de pick and place que garante uma operação suave de transferência da embalagem. Ela alimenta uma bolsa de cada vez, retirada da pilha – máximo 7” de altura - e colocada em uma esteira a vácuo para a etapa de impressão e/ou rotulagem. O mecanismo do copo de sucção foi projetado para dobrar e acomodar as bolsas, mesmo as que tenham um fundo com duas soldas (mais comum nas bolsas de papel).

O operador pode pré carregar uma pilha nova, próximo à pilha em trabalho, e a máquina colocará a nova pilha, automaticamente, no local correto.
 

Filme selante de base bio
 

Este é o lançamento da Plastic Suppliers Inc – PSI (www.plasticsuppliers.com/EarthFirst): um filme ultra fino, produzido a partir de PLA (ácido polilático), selante e que ajuda a reduzir custos e a pegada de carbono. O EarthFirst® UL é ideal para aplicações de embalagens flexíveis; o ácido polilático usado como matéria-prima é encontrado em materiais de fonte renovável como tapioca, beterraba, cana de açúcar e milho. Além das vantagens da origem bio da matéria-prima, há aumento de eficiência e redução de consumo de energia no processamento e redução do custo produto-embalagem por MSI em comparação aos filmes selantes PEBD (polietileno de baixa densidade).
Por meio de testes, a empresa já comprovou melhorias significantes na eficiência de toda a cadeia de suprimentos com o EarthFirst® UL em termos de redução de custo de frete, redução de custo com trocas de bobinas, necessidade de menos espaço para armazenagem e redução do volume de material descartado pós consumo. Sem contar que ele já é considerado um filme amigo do meio ambiente.  

Alta velocidade na formação de bags
 

A TNA (www.tnasolutions.com) apresentou o que está sendo considerado o equipamento mais rápido do mundo para a formação de bags, com velocidade superior a 300 embalagens/minuto. O equipamento utiliza a tecnologia patenteada semi-rotativa. A TNA ropac 5® foi projetada para embalagens pequenas e médias, do tipo pillow bags. Ele pode trabalhar com uma grande variedade de larguras e comprimentos de bolsas e diversas aplicações entre elas snacks, confeitos, massas e cereais.
 

FFS inovadora
 

Produtos com altas temperaturas, características especiais de fluxo e baixa estabilidade dimensional são alguns dos desafios do envase de produtos químicos e petroquímicos que a Beumer (www.beumergroup.com) promete resolver com o novo equipamento FFS fillpac®. O equipamento realiza três operações com um sistema bastante compacto: ele forma os bags a partir de um filme de PE tubular pré fabricado, os envasa com o produto correspondente e sela os bags a uma velocidade de até 2.600 embalagens/hora. O processo de envase é confiável, gentil e sustentável. Além disso, uma unidade de pesagem, integrada, garante a quantidade exata de produto envasado.
  A estrutura simétrica também é única e permite operar de qualquer lado do sistema.

Graças às várias opções como impressão de marca para controle, troca automática das bobinas dos filmes, unidade para liberar o filme automaticamente e possibilidade de processar filmes pré estirados, o sistema pode ser adaptado às necessidades específicas de cada cliente. O terminal de controle ergonômico garante uma operação fácil, rápida e segura e a interface otimizada e a navegação facilitam a interação intuitiva, melhorando a eficiência do operador.  

Novo patamar de desempenho para os detectores de metal


É o que promete o EZI-Check™ (www.andweighing.com) que inspeciona, com altíssima precisão, a presença de metais em embalagens, garantindo total segurança ao produto. Tudo é controlado por um painel touch de 7” com display com USB; as diversas velocidades da esteira permitem uma checagem contínua e individual dos produtos. O ajuste automático de sensibilidade também garante resultados ópticos bem mais precisos. Ideal para ser acoplada a linhas de embalagens rígidas ou flexíveis.

*Liliam Benzi atua no mercado de embalagens há 25 anos como especialista em comunicação e desenvolvimento de negócios e estratégias para o setor pela LDB Comunicação Empresarial. Também é editora de publicações e Assessora de Comunicação de diversas empresas e entidades da área, como a ABIEF - ldbcom@uol.com.br.
< VOLTAR PARA FLEX ABIEF
Cadastre-se e receba nossos informativos sobre a ABIEF e sobre o setor de plástico flexível.
ABIEF ® Copyright 2017 - Todos os direitos reservados. A reprodução integral ou parcial é permitida desde que citada a fonte.